Skip to content

I CAN DO IT!

06/04/2011

   Eu deveria estar lendo Filosofia da Ciência por Rubem Alves, pois amanhã preciso abrir a boca na aula para fazer comentários válidos e dignos de uma garota que leu e fez anotações sobre, mas também deveria estar desvendando junto à Sherlock e seu cão, alguns mistérios, resumindo e digitalizando cada pista encontrada. Deveria estar resolvendo exercícios básicos de matemática, o que para mim, ser básico, não muda nada. É matemática e isso já implica na complicação, além de dever abstrair o quão humilhante é estar no Proinício por UEM, aprendendo a matemática básica, do básico, da básica. Eu deveria estar filosofando logicamente, encontrando premissas e conclusões, analisando sua validez ou invalidez, e admitindo algum argumento como falso ou verdadeiro. Deveria estar estudando, debulhando, acabando, mergulhando nas teorias gerais da Administração por Chiavenato, pois provas me aguardam. Eu deveria estar lavando a louça, pois ontem acumulei inúmeros pratos de inúmeras tentativas alimentícias. Uma colocou fogo na minha boca, a outra me fez não querer mais ver chocolate na minha frente – por algumas horas. Eu deveria estar taking a nap, porque eu amo fazer isso nesse quarto, mas também deveria estar praticando inglês, porém, eu ter lembrado desse termo,  me faz chegar à conclusão de que ao menos na sexta-feira quando eu disser que dormi durante a tarde, não serei corrigida pelo fato de que os americanos não falam “eu dormi”, e sim, “tirei um cochilo”, apesar de que eu não classifico como cochilo minhas tardes soníferas, as quais, preciso eu eliminar da minha vida, e portanto, provavelmente, nem usarei o termo take a nap, porque não posso take a nap. Mas agora eu deveria estar dormindo, com minha bolsa de água quente na barriga, afinal, eu sinto cólica, muita cólica, a qual eu não deveria sentir, pois não devo merecer tamanho sofrimento. Eu deveria estar lendo os artigos e os projetos, para adiantar-me nesse assunto, e estar tranquila na próxima semana quando começar a planejar o meu doce projeto e suas inovações redes sociáveis, mas eu deveria estar arrumando meu quarto, o qual, apesar de tê-lo deixado incrivelmente organizado antes do dia de ontem, já consegui a façanha de tirar todas as roupas para o lado externo da onde elas devem permanecer, dobradas, passadas e cabidadas. Eu deveria estar entendendo a constituição e os direitos humanos, afinal eu não faço direito, – gradualmente falando – mas tenho uma matéria chamada Direito empresarial, que de empresarial, não tem nada. Eu deveria estar no shopping, futilmente aumentando minha lista de afazeres, pois estou com um desejo consumista para com certas peças de roupas que não saem da minha cabeça, mas para isso, eu deveria trabalhar para ganhar dinheiro extra, afinal, hoje vence o condomínio e a luz, e em poucos dias, o aluguel, porém, eu vou trabalhar, e apesar de trabalho ser diretamente associado com salário, o meu, será voluntário. Também  deveria jogar esse chiclete fora, porque chicletes tendem à fome, e fome tende a comer, e comer tende a ocupar mais tempo e gastar mais, além de louça suja, e universitários não podem se dar ao luxo de cometer esse crime. Eu deveria fazer o que tanto queria fazer quando finalmente morasse aqui: Dançar, mas eu não tenho tempo, pois eu consegui achar coisas à fazer, as quais ninguém ousou procurar. Eu deveria nem ter tentado entrar na bateria, mas já que entrei, deveria estar praticando tamborim. Deveria estar lendo Marilyn, pois esse livro está ficando empoeirado, afinal, eu não tenho tempo para ler algo que não seja relacionado com Administração, ou talvez não relacionado, mas relacionado com alguma coisa que só quem criou a metodologia de ensino administrativo, viu a importância de ler tal. Eu deveria ir na ferinha, pois lá tem pamonha, e eu amo pamonha, deveria publicar mais nesse blog, porque ele merece, eu mereço, e quero, e estou fazendo isso, afinal. Eu deveria estar lendo tudo o exigido para ler para a Aiesec, até sexta, e definitivamente até sábado… Eu deveria encontrar uma maneira de fazer meus dias passarem mais lentamente, ou aumentar as horas dos mesmos, porém, não tenho esse poder superior, mas talvez, eu devesse parar de achar tantas coisas extras para fazer, que me sobraria tempo, e eu poderia dormir, quero dizer, take a nap durante minhas tardes. Mas eu devo fazer o que eu devo, e eu devo fazer minhas vontades enunciadas pela minha intenção interior, desde o dia da minha aprovação, de que eu queria fazer tudo tudo, e mais um pouco, desfrutar de tudo tudo, que estivesse ao meu alcance, então eu não devo me acomodar, eu devo terminar tudo que comecei a fazer, e pensei em fazer, e devo administrar meu tempo, e achar tempo, aonde tempo não existe. Eu devo fazer tudo o dito, e eu farei, mesmo que eu sinta um medo desafiador me tentando a desistir, mas eu me recuso a escutá-lo, afinal, eu devo fazer, porque afinal, eu quero, e querer para mim, é poder, e eu posso!

Anúncios
2 Comentários leave one →
  1. Diego (Bokita) permalink
    13/04/2011 7:21 PM

    Quem diria que uma imagem quieta e tranquila escondia alguém como você! Espero que me desculpe pela grosseria de outrora.

  2. Noerli permalink
    08/04/2011 1:56 AM

    BAZINHA, PELAMORDEDEEEEUS, QDO VC FIZER E/OU DESCOBRIR UMA MANEIRA DE ADMINISTRAR SEU TEMPO COM TODOAS ESTAS ATIVIDADES Q PRETENDE , NÃO ME ESQUEÇA E ME ENVIE AS DICAS – É SÉRIO – VC NOVINHA, COM AS IDÉIAS BORBULHANDO
    COM CERTEZA ENCONTRARÁ A SOLUÇÃO…
    QUEM SABE UMA PLANILHA, UMA AGENDA…SEI LÁ
    NÃO ME ESQUEÇA
    BJS E O BLOG É MUITO IMPORTANTE P NÓS.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: