Skip to content

O contraste da primeira manhã

29/06/2015

Hoje a UEM amanheceu assim, repleta de contrastes.

IMG_3749

Contraste entre a realidade, onde uma universidade volta de greve, para com informações em jornais, onde a universidade volta das férias.

Contraste entre uma universidade com água nos bebedouros e banheiros há 3 meses atrás, para com uma sem qualquer gota desta.

Contraste entre estudantes e professores inconformados que continuaram lutando pelos seus direitos ao não voltarem as salas de aula e irem às ruas, assim como professores e estudantes que por mais que se sentissem inconformados, também se sentiram obrigados a voltar em sala, para com professores e estudantes que simplesmente pareciam conformados com toda a situação.

Contraste entre uma universidade que já foi considerada a melhor do Paraná e rankeada como a 17ª melhor do Brasil, para uma que hoje encontra-se em 23ª neste mesmo ranking, levando consigo inúmeras obras inacabadas e cursos sem professores.

Contraste entre professores que entraram em sala de aula e ignoraram as últimas semanas em que o Governo do Paraná basicamente confirmou sua indiferença para com a educação, para com professores que entendem o papel da universidade de fazer os alunos pensarem muito além do conteúdo de suas matérias, e não apenas colocaram o assunto dos últimos dias em pauta, como incentivaram a reflexão.

Contraste entre uma universidade pública que procura dar acesso a educação de todas as formas, para com uma universidade pública que também procura dar acesso a educação de todas as formas, mas não o faz por, como exemplo, ter um imenso atraso nas obras de um Restaurante Universitário acessível, onde força estudantes sem condições de pagar R$ 12,00 em um almoço todos os dias da semana, a abandonarem os estudos.

Contraste entre a promessa de receber a verba necessária para mais um ano acadêmico, para a realidade de não receber nem metade desta.

Contraste entre a revolta que dizia-se eterna diante do acontecido do dia 29 de abril, ao simples esquecimento da mesma em um novo amanhecer.

Contraste entre a esperança de mudança, com o choque de realidade do descaso.

Contrastes.

Na primeira manhã.

Anúncios
One Comment leave one →
  1. João Terra permalink
    06/07/2015 6:41 PM

    Sen-sa-ci-o-nal !

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: